domingo, 29 de janeiro de 2012

Os livros perfeitos para a minha estante

A poucos dias do meu aniversário, ando a tentar mandar vir alguns livros ingleses cá p'ra casa que me façam perder uns valentes cagalhões de tanto rir. E não posso fazer isso em Portugal porque 99% dos livros portugueses são sobre o amor e a desgraça. E quanto a isso, ide à puta que vos pariu: eu VIVO em Portugal, eu não preciso de LER sobre isso.

Não obstante, deparei-me com um belo site sobre livros que eu não quero ler mas que gostaria de ter na estante para que as pessoas possam pensar que eu sou realmente tão estúpido quanto tento parecer:

Não fosse a silhueta da paciente e eu ia jurar que se tratava de um manual de Veterinária, que não há como inspeccionar uma bela rata no pasto.




Isto será provavelmente na onda do livro "Como fazer amigos". Pessoas que sentem a necessidade de comprar livros sobre competências sociais são, claramente, pessoas que nunca as irão ter. Deal with eternal solitude, losers.


Adoro livros que já nos contam os pontos altos da história, só pela capa. Poupa-me várias horas de leitura desnecessária porque um marido que trai a mulher à porta de casa com a mulher em casa, é definitivamente um enredo que não merece o meu precioso tempo.




A minha aposta vai para não nadar no meio do caralho do Oceano Atlântico. Mas 400 páginas elucidar-lhe-ão melhor.

A minha aposta de idades vai para cima de 10 anos porque, convenhamos, nenhuma criança consegue colorir tanto pormenor da pistola na perfeição.


Só de ler o título já sinto dois caroços.




Um livro geralmente tende a passar pela mão de, pelo menos, 30 pessoas antes de passar às bancas. E não houve uma única puta que se questionou.


Oh yay! Um manual de gestão para combater a crise.




O facto de que este livro vai já em segunda edição, perturba-me a cabeça circuncisada do meu caralho.


Yum!


Porque é mais difícil que matemática e precisa de um livro. Quando acabar de ler o livro, provavelmente já terei cagado nas calças o que é tão melhor.

4 comentários:

Isa disse...

Muitos LOLs

sad eyes disse...

não é melhor ler sobre amor e desgraça?

Schnoof disse...

Isa: imagina os lols se os lesses :-/

sad: hell no.

Bruna disse...

Fui ao Amazon ver quanto custava o Cooking with Pooh e encontrei outros livros que achei que te podiam interessar. Onde diz "Customers Who Viewed This Item Also Viewed" tem muitos livros que coincidem com a tua lista, por isso não sei se foste tu ou se foram fãs que procuraram. Mesmo que não esteja a dar novidade nenhuma, aqui vai:

Excrement in the Late Middle Ages: Sacred Filth and Chaucer's Fecopoetics -- para apresentar com pose de Stephen Fry, a ver se alguem leva a sério.

Still Stripping After 25 Years --- sobre patchwork

Carlton Mellick III
- The Haunted Vagina -- vêm de lá sons estranhos mas ela acha que é normal
- I Knocked Up Satan's Daughter: A Demonic Romantic Comedy -- teve que casar
- Satan Burger -- a capa
- The Faggiest Vampire -- para crianças

Hot Guys and Baby Animals -- também existe em calendário de parede

The Big Coloring Book of Vaginas

How to Live with a Huge Penis -- para homens com OMG (eu acredito em tudo o que me dizem)

Natural Harvest - A collection of semen-based recipes "amazing cooking properties, like fine wine and cheeses, inexpensive to produce and is commonly available in many, if not most, homes and restaurants". Se é para impressionar as visitas... A capa é elegante, tipo Nigella.