terça-feira, 26 de janeiro de 2016

A única notícia do dia que se aproveita

Se achavam que o papel do Bloco de Esquerda neste país era só exibir meia dúzia de cartazes a defender práticas homossexuais, abortos, prostituição e uma série de temáticas retiradas da Pasta "Deboche", desenganem-se.


Na próxima legislatura, as Dinas do Bloco querem legalizar o cannabis. Com lojas, impostos e tudo o que têm direito. Incluindo estudos da Deco para os vários tipos de Cannabis com direito a "Escolha Acertada". E claro, com direito a toda a população através de marcas como Continente e "e". (A julgar pelos últimos produtos "e" que tenho comprado, neste caso deve incluir direito a diarreia).

Para todos os consumidores destas ervas aromáticas, já não será preciso colocar a vida em risco com idas nocturnas a becos escuros urinados, nem com o consumo de ervas de pastos de Mafra secas ao sol. Este cannabis será certificado. Legalizado. E disponível para qualquer contribuinte ao lado dos orégãos.

Isto tudo para dizer que estou farto de estar no trabalho e dava tudo para estar em casa. Poderia ser com cannabis apesar de ter deixado de fumar. Ou preso numa cadeira a ver as Kardashians durante 16 horas. Tudo menos aqui.

1 comentário:

Linda Blue disse...

Também já não eram horas para alguém estar a trabalhar, se tens um horário diurno...