quarta-feira, 11 de abril de 2012

Onde o Sol não brilha

À minha frente, no elevador, está um homem dos seus 63 ou 64 anos. Pelo modo como coloca os pés no chão percebo que tem varizes. Pelo modo como cruza as mãos uma sobre a outra percebo que está a massajar a artrite e pelo modo como inclina ligeiramente a cabeça também tem um torcicolo.
Pelo modo como olha para mim percebo que é rabeta.

Estamos no edifício da FNAC do Chiado. Eu fui comprar o cd da Madonna. Ele, como trabalha naquela zona passa a vida no elevador da Fnac que sabe estar recheada de paneleiros. Ele diz que aquele elevador é muito prático, mesmo estando encharcada em paneleiros porque no edifício da FNAC não há escadas rolantes. E porque adora ir à Fnac encharcada de panisgas duas a três vezes por dia, não vá haver um novo lançamento de livro às duas da tarde, e às três e às quatro. Eu acho que ele quer levar onde o "Sol" não brilha. Ele diz que vai lá a toda a hora por comodidade.

O senhor recorda o antigamente e a repressão saudável que havia em guardar a paneleiragem no armário onde hoje guarda o lubrificante (sempre com a cabeça de lado). Provavelmente estará a revoltar-se por não ter nascido mais tarde porque sabe que o look da Lady Gaga fica bem a toda a gente. E porque aparentemente adora falar sobre rabetas, que eu estou a ponderar assinar o Sol que aquilo só fala em homossexuais. 

Mas olhando para aquele senhor que ia à minha frente no elevador da FNAC, percebi que era isso que o movia enquanto ostentava as suas maleitas de uma vida reprimida. Ele queria gritar "Ai filha, que sociedade hipócrita, que nenhuma bicha me pega só porque não tenho bons peitos".

8 comentários:

Poisoned Apple disse...

Wouhahaha! :) Mas envia-lhe o link, sim? Acho que o texto dele tem email.

Horatius disse...

Realmente, depois de ler o teu post, acho que finalmente percebi (às vezes sou muito lento, sim) que o senhor tem qualquer coisa ali reprimida. Só pode. O que ele faz é o que podemos designar por "sentimento de negação".

et voilà... disse...

tadito... para quem compraste o CD?

Kity disse...

Pois... é no dá terem encerrado o Miguel Bombarda, faz uma falta tremenda para internar gentinha desta....

Pony disse...

Eh pa genial... Schoof, sou teu fã, mesmo.

sad eyes disse...

O coitado do homem tb tem direito à vida, seja lá quem for...

Pink World Fabuloutin disse...

Só me dou com revoltados!!! :|

Filipe Gouveia de Freitas disse...

Está toda uma carreira como colunista a passar-te ao lado. Quem sabe não és a próxima Carrie Bradshaw (embora, vá, escrevas mais sobre o sexo do que sobre a cidade). Da maneira que no Sol gostam de falar daqueles que são fãs donde o Sol não chega devias mandar para lá- publicavam de certeza. Fabuloso!