segunda-feira, 11 de março de 2013

Moda Lisboa III - o vosso cansaço de ler esta merda não equivale a metade do cansaço que é lá estar

Ontem foi Domingo. 

E agora que já vos dei esta informação tão importante, relembro que passei a sexta e Sábado no Moda Lisboa e bastaram umas horas para vomitar aquela merda pelas orelhas. A modos que Domingo estava na cama e lá tencionava ficar. Não fosse a puta da minha amiga Pinky que queria porque queria ir ver os desfiles e porque seria indecente se eu não fosse com ela e para que raio é que ela queria amigos gays se não fosse para acompanhá-la nestes momentos, e eu teria ficado na cama a esgalhar o pessegueiro de duas em duas horas.

Dei-lhe a escolher os desfiles que ela queria MESMO ir porque não ia aguentar aquilo outra vez que ao menos quando vou aos Santos Populares já vou bêbado. 

Chegamos para ver Miguel Vieira e descobrimos que íamos ver White Tent que estava previsto para uma hora antes. Uma merda portanto. Para uma colecção de Outono / Inverno, prevê-se, segundo esta Casa, que as mulheres passem o Inverno de snaita ao fresco uma vez que se tratava de vestidos pela virilha. Eu disse que estava lá o Castelo Branco e a múmia? Ao menos ele tinha saltos mais bonitos que os das modelos.

Miguel Vieira tinha homens que quando entravam a intensa luz pareciam podres de bons e depois ao passar por nós tinham o ar de quem tinha brincado à bola com o Cristiano Ronaldo na infância. Para labrego basto eu. De repente os meus olhos fixaram-se numa peça: uma camisola castanha com gola de cona aberta até ao umbigo. Agora já não descanso enquanto não tiver aquela camisola (muito provavelmente uma imitação centenas de euros mais barata).

Já íamos a horas daquilo e no desfile do Filipe Faísca já deitava valentes bolhas pelo cu. Este desfile terminou com as modelos caídas no chão. Eu é que não comprava uma peça que andou a chafurdar no chão que já todos pisaram mas isso sou eu. Além de que quando começam com essa merdas, deixa de ser um desfile para ser uma palhaçada. 

Cansado disse à minha amiga que chegava e que ela fosse dar os convites do Nuno Gama às senhoras dos stands e ela deixou em cima de uma mesa redonda, qual zebra morta no deserto à espera dos abutres.

Conselho à Organização: conseguia-se fazer aquilo tudo num restaurante enquanto mamávamos sushi, todos de seguida em hora e meia. Que estafa do caralho foda-se, é pior que ir a Fátima de joelhos.

Segunda-feira.

UM FIM-DE-SEMANA INTEIRO CARALHO A MAMAR DESFILES DE TRAPOS QUE NEM SERVEM PARA LIMPAR O RABO E QUANDO DECIDO BAZAR É QUE AMANDAM DISTO????



Vou-me chicotear para casa com o cabo da vassoura.




3 comentários:

Ricardo disse...

Realmente. É caso de penitência séria. Nada de esgalhar o pessegueiro enquanto vês as imagens! Para isso era ao vivo...

Rosa Metalizado disse...

deve ter sido um fim de semana para repetir xD

Xs disse...

lolol
Azar!