domingo, 13 de novembro de 2011

Estou a considerar enviar...

Exmos. Srs. da ZON;

Não é que eu veja muita televisão hoje em dia que os tempos estão para mais trabalho e menos descanso. E ainda não estou no desemprego, razão pela qual consigo suportar mensalmente os vossos custos ridiculamente elevados face aos serviços que prestam.

De qualquer forma, grande parte da vossa programação passa-me completamente ao lado. Os poucos programas que se contam pelos dedos das mãos de uma pessoa que tenha nascido apenas com cinco dedos, que eu gostaria de ver, passam em horários, por vezes incompatíveis com a minha vida frenética. E perguntar-se-ão "nós com isso?". Nada.
E por não terem precisamente nada a ver com isso, aderi a uma box que ocupa espaço útil da minha humilde casa, cuja função seria gravar programas de televisão com antecedência. Como aderi, pago este serviço todos os meses, que no vosso departamento de cobranças ninguém brinca... Nos outros todos é que parece que aquilo anda tudo em modo Kidzania.

De há 30 dias para cá, a visualização de qualquer programação antecipadamente, nem que seja um minuto antes de começar o dito programa, é-me negada impiedosamente, com um comovido pedido de desculpas ao seu cliente: "Temporariamente Indisponível".
Portanto se eu não consigo visualizar a programação, também não tenho o dom da previsão da programação para poder gravar seja o que for... paguei a uma empresa que me fizesse isso. Acho que se chama ZON mas já não me recordo muito bem.

Ora eu não me venho queixar pelo facto de vocês estarem com falhas técnicas. Aliás desde que vos conheço que sofrem de falhas técnicas portanto já teria ganho uma valente tendinite se me dignasse a queixar diariamente por escrito sobre tudo o que falha nos vossos serviços (excepto o Departamento de Cobranças, é claro, que está digno de um processo de certificação de qualidade).

A minha questão é simplesmente no sentido de descodificar, quanto tempo significa para vocês uma indisponibilidade temporária? É que assim saberia quanto tempo terei de pagar "temporariamente" o valor total por um serviço que não me está a ser fornecido por estar sempre temporariamente indisponível. Estou portanto temporariamente fodido chateado.

Imaginem vocês que eu possuía uma clínica única com a cirurgia que vocês precisavam para salvar o vosso couro. Consultariam os profissionais, que vos cobrariam quantias exorbitantes (porque também teríamos um Departamento de Cobranças exímio) e programariam a cirurgia da salvação. Chegaria o feliz dia e estaríamos temporariamente indisponíveis para vos salvar, mas cobraríamos a quantia por inteiro obviamente, porque é "temporário".

E estarão a pensar vocês: o que é que o cu tem a ver com as calças? É que temo que em ambas as situações poderemos acabar pobres e mortos à espera do fim da indisponibilidade temporária.

Gratos pela Vossa atenção e em fé de que farão tudo para que eu não morra pobre e à espera;

Schnoof

6 comentários:

Ricardo disse...

Acho seriamente que devias enviar este texto como uma carta de reclamação para a ZON!

et voilà... disse...

ligaste? as tantas recebemos mais um mes de graça...

Quadrada disse...

Era digno de ser enviado!

Poisoned Apple disse...

ENVIA! ENVIA!

Pornosopher disse...

envia...se não fores tu envio eu! LOL

O-Riordan disse...

Já vou tarde, mas espero que tenhas enviado! =P