segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Desentendimentos ortográficos

Não há nada como chegar ao cinema e assistir, à luz do novo acordo, ao facto de que já houve 500 000 de espetadores da Árvore da Vida. O que a minha gramática me diz é que já meio milhão de portugueses espetaram a sua gaita com semente no ventre da vida. Aparentemente não se trata de uma metáfora; estamos apenas perante um aglomerado de gente que se limitou a assistir a um filme.
Puta que pariu que este acordo dá cabo de mim, e continuo sem encontrar qualquer sentido em adoptá-lo.

4 comentários:

Anónimo disse...

adotá-lo

et voila disse...

eu devo ser o unico a concordar com o acordo...

Gato disse...

Eu também concordo. A língua portuguesa é tão dispar entre os países que se torna difícil de aprender e não era considerada língua oficial da ONU (eles tem 7 e nós somos a 5ª mais falada)

Romeu disse...

Também não entendo de todo! Ora vejam lá se os ingleses , americamos, e a marabunta da Commonwealth se importam com a forma como escrvemou prounciam??
Além disso, se eu for ao Brasil, não me serve de nada encomendar um "fato" num alfaiate, porque ele só sabe o que é "terno"!!
Falta de juizo é que é..