quarta-feira, 14 de março de 2012

Reflexões Perturbadoras

Estou com três dias de folga, sabe-se lá a que propósito. Não me recordo de ter feito sexo oral às pessoas certas para merecer isto mas a minha cabecinha também é muito fraquinha portanto provavelmente não me lembraria.

A modos que com o aproximar do tempo de cocó que S. Pedro tão entusiasticamente me preparou para os próximos dias, resta-me pouco senão papar filmes e séries no sofá. E nestas alturas, apesar de eu ser uma pessoa extremamente culta e esotérica e alternativa com frases feitas de pseudointelectualoidismo sobre a sustentabilidade do planeta, o vegetarianismo, o cinema independente, prostitutas velhas vintage do Cais do Sodré, o que eu gosto mesmo é daqueles filmes bué comerciais género comédia romântica. Eles vão-se conhecer por acaso, alguém vai tropeçar em alguém, ele vai roçar o braço na mama dela sem querer e cora, ela roça o pau dele e cora e... esperem, acho que estou a pensar noutro filme qualquer. Claro que não sou uma pessoa apenas superficial ao ponto de passar a tarde a ver comédias românticas... também vejo as Kardashians.

Ah!, também fui experimentar uma aula de salsa. Para a qual tenho jeito zero. Mais depressa seria aplaudido por expor um quadro no MoMa pintado de olhos vendados com o pincel assente no ilhó. 

Eu sei que estou a precisar seriamente de apoio psiquiátrico mas quem lê isto precisa mais do que eu. E de um abracinho.

3 comentários:

Hugo disse...

Não sejas mentiroso... Como se alguém conseguisse aguentar os intervalos do E!, viste uma parte das Kardashians... lol

Pink World Fabuloutin disse...

Aiii... gosto tanto dum abracinho!!! :)))

sad eyes disse...

Foram os 3 dias de folga que te fizeram mal