quinta-feira, 11 de junho de 2015

Quando o Tinder me deixa de boca aberta

Eu tenho um grande problema com o Tinder. Perdão, vários. Mas hoje falo de um.
Por vezes, numa das minhas encruzilhadas esquerda / direita esquerda, rumo à tendinite, canso-me de estar a por todos para a direita e começo a questionar a minha acuidade visual. Por este motivo, e já com alguma incredulidade, equaciono passar um ou outro para a direita porque, vá, tem um queixo bem feito. 

Dias depois quando a minha lucidez regressa ao nível normal, descubro que fiz match com os shreks. Ora eu já normalmente não digo olá porque os gays são umas divas e, aliado à não existência de uma etiqueta homem - mulher, acumulamos uma caderneta de matches com os quais não conversamos. A não ser que estejamos bêbados.
Um dos shreks disse olá. E eu sou diva, mas também sou educado e respondi. Rapidamente apercebi-me que shrek tinha uma tendência depressiva e provavelmente alvo de algumas rejeições ao longo da vida. Como sou besta dura de coração mole, assenti a um café. Seria hoje.

Mensagem de hoje: "Olá :-) Ainda não saí do trabalho e ainda tenho que ir jantar. Pode ficar para outro dia?"

Eu levei uma tampa do Shrek. Inacreditável. Estou sem palavras.

2 comentários:

FULL disse...

Ahahahah... se ele soubesse o que perdeu... ;)

faa m. disse...

ahahaha se calhar foi obra divina pois tu não estavas lá com muita vontade :)